A cidade em tempos de pandemia: o que pensam e sentem as crianças?

Autori

  • Cláudia Eliane Ilgenfritz Toso Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS
  • Jandha Telles Reis Vieira Muller Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - Unijuí
  • Gabriel da Silva Wildner Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - Unijuí
  • Helena Copetti Callai Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - Unijuí

DOI:

https://doi.org/10.6092/issn.2704-8217/11919

Parole chiave:

Pandemia, Criança, Cidade, Escola, Anos Iniciais

Abstract

O momento atual, no qual enfrentamos a pandemia da COVID-19, traz diversos questionamentos e incertezas. Com o objetivo de refletir sobre o que as crianças pensam e sentem em um período em que o isolamento tem sido postura necessária a ser adotada para evitar o contágio da doença é que esta pesquisa foi realizada. O percurso metodológico orienta-se pela perspectiva crítica-hermenêutica utilizando-se, tanto de análise documental e bibliográfica, quanto do planejamento e desenvolvimento de uma Ficha didática, explorada e preenchida por crianças do 5º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública da cidade de Santo Ângelo-RS/Brasil. Foi possível perceber que a maioria das crianças tem um vínculo com lugares nos quais os amigos e os familiares vivem e que ao tentar compreender como as crianças se sentem podemos buscar formas para contribuir com os desafios que teremos que enfrentar no mundo pós-pandemia, tanto como profissionais da educação, como enquanto sociedade.

Pubblicato

2020-12-28

Come citare

Ilgenfritz Toso, C. E., Telles Reis Vieira Muller, J. ., da Silva Wildner, G., & Copetti Callai, H. (2020). A cidade em tempos de pandemia: o que pensam e sentem as crianças?. Didattica Della Storia – Journal of Research and Didactics of History, 2(1), 26-41. https://doi.org/10.6092/issn.2704-8217/11919

Fascicolo

Sezione

Articoli